Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Quanta demagogia senhor Jorge Viana!


O senador Jorge Viana (PT-AC) que nas horas de folga divide seu tempo fazendo receitas culinárias e exibindo pratos regionais entre panelas fumegantes e utensílios de cozinha, deveria rever seus pesos e medidas quando o assunto é política.

Ao defender a redução do número de senadores e deputados federais e, consequentemente, uma economia nos gastos com esse setor, ele deveria fazer o dever de casa, usar o mesmo expediente para acabar com a aposentadoria paga pelo Acre para ex-governadores. Lista que ele faz parte desde que deixou o governo em 2006, ou seja, há dez anos mamando nas tetas. Jorge Viana foi quem ressuscitou o pagamento dessa aposentadoria que tinha sido extinta pelo saudoso Orleir Cameli. 

Não fazendo isso, são dois pesos e duas medidas.
Ou será que o senador Jorge Viana pensa que pode nos enganar?

Atua vice-presidente do Senado, Jorge Viana ressuscitou a aposentadoria especial paga a ex-governadores quando assumiu o governo do Acre em 1999. Hoje figura entre 15 senadores que acumulam, mês a mês, sem seus vencimentos, o tal benefício, com rendimento mensal que chega próximo dos R$ 70 mil, quase três vezes o teto constitucional.

Quer saber mais?

Segundo o site ac24horas, Jorge Viana está entre os três ex-governadores que estaria descumprindo a parte final do parágrafo primeiro, do art. 77, da Constituição do Estado do Acre, que veta a acumulação da aposentadoria com outros subsídios. Os outros dois são o ex-governador Binho Marques e o atual deputado federal Flaviano Melo (PMDB).

A proposta que vem ganhando adesão de internautas não é nova.

O ex-deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP) apresentou à Mesa da Câmara proposta de emenda à Constituição (PEC) que visava reduzir o número de deputados federais dos atuais 513 para 250. Clodovil morreu sem ver sua proposta sair do papel.

No senado a proposta deveria ser debatida desde 2007, mas nunca foi votada até o seu arquivamento. Ano passado, o senador Álvaro Dias PSDB-PR) reapresentou proposta de emenda à Constituição que reduz de três para dois o número de senadores que representam cada estado e o Distrito Federal no Senado.

O grande filosofo Platão já alertava que a demagogia era algo que o homem não devia almejar. Não devia, mas demagogia é o que os homens políticos mais têm praticado nos seus discursos nos últimos tempos.


Nenhum comentário: