Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Charuto estragado


Os cubanos que saíram do auditório da Biblioteca da Floresta imaginando que estavam no melhor lugar para se viver na Amazônia devem estar se perguntando que charuto o professor Marcos Afonso fumou ontem. Com certeza não foi um charuto cubano – o mais famoso e requisitado do mundo.

Marcos Afonso vendeu um estado com a educação entre as cinco melhores do país. E ainda, com PIB de crescimento histórico e investimentos de R$ 14 milhões em reflorestamento. Quase uma Viena.

Hoje o site ac24horas revelou que o Acre ainda precisa melhorar, e muito, os indicadores educacionais e que ficou entre os estados que obteve o pior lugar com base nos resultados da pequisa do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) 2012.

Entre as três áreas de conhecimento, na de Matemática, os alunos acreanos obtiveram o pior resultado. Alcançaram 359 pontos, ficando em 24º no ranking dos estados brasileiros. Com resultado ainda pior ficaram os estados do Amazonas, Maranhão e Alagoas.

Na avaliação da disciplina de Ciências, os estudantes do Acre alcançaram 380 pontos, e em Leitura, 383. Nas duas áreas, o estado ficou na 20ª posição entre as demais unidades da federação.

Acho que Marcos Afonso está assistindo muito as propagandas de Gilberto Braga e aprendendo a alogia do marqueteiro.

Teria o professor se perdido no tempo e no espaço?


Nenhum comentário: