Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Dicas de Segurança para Soldados da Borracha

Presa fácil de bandidos e assaltantes, é preocupante o derrame de R$ 200 milhões na economia do Acre com o pagamento da indenização a centenas de soldados da borracha, a maioria em idade bastante avançada. 
Antes mesmo do pagamento da indenização, teve-se notícias no final do ano passado, da tentativa de assaltos a idosos - feita por alguns meliantes desinformados - no bairro do Taquari. 
Abaixo algumas recomendações feitas por especialistas em Segurança para várias situações:
PREVENÇÃO DENTRO E FORA DE CASA
Para se proteger, a recomendação inicial d é manter a desconfiança. Desconfiar sempre e de todos os desconhecidos, principalmente. Porque uma pessoa desconfiada automaticamente vai estar se protegendo;
Nunca devemos permitir que estranhos entrem em casa. Dê preferência que a casa seja visualizada pelos vizinhos; 
A falta de contato com a família e vizinhos também é um fator de risco para o idoso. Quem nunca recebe visitas é visto como um alvo mais fácil pelos bandidos. A rotina é outra inimiga da segurança dos idosos, afirma o policial; 
O ideal é que pessoas de confiança acompanhem idosos aos bancos para receber a aposentadoria. Preferencialmente, altere o dia de ir ao banco e faça em horários alternados.
DICAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM CASA
Lembre sempre de trancar portas e janelas quando for sair e mantê-las fechadas e trancadas quando estiver em casa, mesmo de dia. É importante que a porta que dá para a rua possua visibilidade para identificarmos quem chega.
Jamais abra a porta sem ter certeza de quem bate e nunca aceite serviços que não pediu, ainda que sejam de graça e quem o oferece seja muito gentil e simpático. Esteja sempre atento ao entrar e sair de sua residência. Muitos delinquentes abordam suas vítimas nesta hora porque estão distraídas.
CUIDADO COM O DINHEIRO
Guarde seu dinheiro em lugar seguro, isto é de difícil acesso para quem não é de casa e nunca guarde grandes quantias de dinheiro em casa.
Tome cuidado com empregados eventuais, que podem praticar delitos em sua residência ou obter informações e repassá-las para delinquentes. Obtenha referências com amigos ou vizinhos sobre as pessoas.
EM CASO DE EMERGÊNCIA
Procure manter contato regular com vizinhos em quem tenha confiança, estabelecendo com eles uma rede de ajuda de proteção recíproca. Assim, o vizinho pode identificar se algo de errado estiver acontecendo.

Se possível, tenha uma extensão do telefone no seu quarto ou um celular para os casos de precisar chamar a polícia pelo fone 190, caso sua residência seja invadida e mantenha em local certo telefones de emergência, de parentes ou pessoas a quem possa pedir ajuda, para dispor deles quando precisar.

Nenhum comentário: